7 segredos que os psicólogos não lhe contarão

7 segredos que os psicólogos não lhe contarão

Psicólogos são profissionais únicos no mundo, porque são pagos para ouvir e ajudar as pessoas a melhorar aspectos de suas vidas ou combater um problema de saúde mental que as afeta. Mas há algumas coisas que acontece no consultório de terapia que você deve saber antes de ir antes da primeira terapia.

1. Sinceramente, o psicólogo não sabe se pode ajudá-lo ou não.

A maioria dos psicólogos acreditam honestamente que pode ajudar a maioria das pessoas com problema. O psicólogo não poderá prever se ele será capaz de ajudá-lo ou não. A maioria dos psicólogos acredita que possam ajudar qualquer pessoa que os apresente com um problema específico com o qual tenham sido treinados ou tenha experiência. No entanto, cada indivíduo é único e existem poucos indicadores confiáveis do sucesso de qualquer psicólogo em relação a determinado cliente.

2. O psicólogo não é seu amigo, mas você deve se abrir de qualquer maneira.

O relacionamento terapêutico não é natural. Em nenhum outro lugar de nossas vidas temos esse tipo de relacionamento profissional que exige abertura, honestidade e intimidade (não do tipo sexual). Sem esses componentes, sua terapia provavelmente não será tão benéfica. Parece uma amizade íntima às vezes, mas não é.

3. O psicólogo não deve te dar conselhos, mas dará de qualquer maneira.

A primeira coisa que um jovem psicólogo em treinamento aprende é que a terapia é: Psicólogos não dão conselhos aos seus clientes. "Se uma pessoa precisa de conselhos, eles devem conversar com um amigo". E ainda assim, a maioria dos psicólogos acabam dando conselhos como se a vida de seus clientes dependessem disso. Mesmo os psicólogos da abordagem terapia cognitiva comportamental darão conselhos, disfarçando-os na forma de "lição de casa" , "Por que você não tenta manter um diário de seus pensamentos irracionais?". É uma estratégia bem-sucedida, mas ainda é um conselho.

4. Isso provavelmente vai doer, mas o psicólogo não dirá isso de antemão.

A maioria dos profissionais da área médica raramente fala antecipadamente sobre a extensão de quão dolorosa uma operação ou procedimento será. Quando você fica sabendo anteriormente que um procedimento é doloroso, mais fica tenso, fica ansioso e mais acaba doendo. As alegrias da conexão mente corpo. O mesmo vale para a boa terapia. A terapia exige que você faça mudanças em sua vida em seu pensamento, em seu comportamento e em como você interage com o mundo ao seu redor. Isso não é fácil e geralmente exige muito trabalho, esforço e energia da maioria das pessoas. E se você começar a cavar em torno de seu passado (como algumas terapias, mas não todas), você pode achar muito doloroso.

5. A graduação do psicólogo provavelmente não importa muito, nem de onde ele se formou.

Há poucas pesquisas para demonstrar que um psicólogo graduado, especializado, mestre ou doutor produzirá melhores resultados para o paciente clínico do que outro. Um "resultado para o paciente" é você se sentindo melhor e mais rápido. Porque, afinal de contas, o próprio tempo realmente cura a maioria das feridas. Enquanto o profissional de saúde mental tiver um mestrado, ou melhor educação, é provável que todos sejam igualmente úteis. Não há evidências que apoiem a ideia de que uma pós-graduação de um programa de psicologia seja melhor que outra, ou que um Doutor em psicologia é melhor que um Graduado para você se sentir melhor, mais cedo. Encontre um psicólogo com o qual você se sinta à vontade para trabalhar. Desde que sejam autorizados pelo CFP.

6. O psicólogo lhe dará um diagnóstico você precisando ou não.

O que significa que se você entrar com algo que não é uma questão clínica, seu psicólogo pode diagnosticar você de qualquer maneira. Essa é uma das muitas razões pelas quais você não deve colocar muita fé em seu diagnóstico em primeiro lugar.

7. O psicólogo ama o trabalho, mas odeia as longas horas, o progresso muitas vezes lento do cliente e a dificuldade em ser entendido como um profissional.

Há muitas frustrações diárias que um psicólogo enfrenta, incluindo aquelas mencionadas acima. A menos que o psicólogo esteja bem estabelecido e tenha sucesso, muitos psicólogos trabalham 10 horas por dia, ou até 6 dias por semana. Às vezes, os clientes não estão comprometidos com o processo de mudar tanto quanto dizem, o que pode ser frustrante para ambas as partes. E muitas pessoas ainda acreditam que os psicólogos ouvem você falar sobre seus sonhos enquanto se deita em um divã. É difícil ser respeitado como uma profissão e todos acreditam que é uma das profissões mais fáceis do mundo que qualquer pessoa poderia fazer. "Você apenas senta lá e escuta os problemas das pessoas durante todo o dia!".

 

 

compartilhe:
PsiPsi - Psicólogos Online
PsiPsi - Terapia, piscologia e atendimento online. Espalhando a psicologia pelo mundo através da internet..

Artigos recentes:

3 Comments

  1. Donec sed odio dui. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet.

  2. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet.