Conheça tratamentos para transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), além dos remédios

Conheça tratamentos para transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), além dos remédios

Conheça tratamentos para transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), além dos remédios

Se você usa apenas medicação para tentar tratar o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), é provável que você receba apenas uma resposta parcial que pouco faz para ajudar a criança ou o adulto com todos os efeitos da vida com TDAH. A terapia e outras intervenções terapêuticas específicas não são apenas opções importantes a serem consideradas, elas são obrigatórias para tratar as questões de longo prazo que andam de mãos dadas com o transtorno do deficit de atenção.

Uma vez que alguns dos problemas de comportamento estejam sob controle, a criança pode entender melhor os desafios que podem ter causado às pessoas ao seu redor. Todos os envolvidos podem se beneficiar de técnicas para gerenciar as consequências passadas e presentes do comportamento do TDAH, e aconselhar a criança e o grupo familiar podem oferecer uma solução.

O treino dos pais tem demonstrado ser um componente eficaz e importante de qualquer tratamento do TDAH em crianças. Os pais que têm um filho com um transtorno de déficit de atenção devem procurar obter esse treino de psicólogo com experiência em ajudar os pais. Esses exercícios de treino dos pais ajudam o pai a aprender a ajudar seu filho que tem transtorno de déficit de atenção, a manter seu comportamento na tarefa e a corrigi-lo de maneira positiva e reforçadora quando necessário. Pense no programa de TV "Super Nanny", a diferença é que o psicólogo ajudará os pais a aprender a melhor maneira de ajudar seu filho com TDAH.

Terapia para TDAH

Temos décadas de pesquisas demonstrando a eficácia de uma ampla gama de terapias para o tratamento do TDAH em crianças e adultos. Algumas pessoas recorrem à terapia em vez de medicação pois, é uma abordagem que não depende de tomar medicamentos estimulantes. Outros usam a terapia como um complemento ao tratamento medicamentoso. Ambas as abordagens são clinicamente aceitas.

Em terapia (comumente, terapia cognitivo-comportamental para TDAH), a criança pode ser ajudada a falar sobre pensamentos e sentimentos perturbadores, explorar padrões de comportamento autodestrutivos, aprender formas alternativas de lidar com emoções, sentir-se melhor apesar do distúrbio, identifique e desenvolva seus pontos fortes, responda pensamentos insalubres ou irracionais, lide com os problemas diários e controle sua atenção e agressividade. Essa terapia também pode ajudar a família a lidar melhor com os comportamentos disruptivos, promover mudanças, desenvolver técnicas para lidar com e melhorar o comportamento de seus filhos.

Terapia comportamental é um tipo específico de terapia que se concentra mais em maneiras de lidar com questões imediatas. Ele aborda os padrões de pensamento e de enfrentamento diretamente, sem tentar entender suas origens. O objetivo é a mudança de comportamento, como organizar tarefas ou trabalhos escolares de uma maneira melhor, ou lidar com eventos emocionalmente carregados quando eles ocorrem. Na terapia comportamental, a criança pode ser solicitada a monitorar suas ações e se recompensar por um comportamento positivo, como parar para pensar na situação antes de reagir.

A terapia também ajudará uma pessoa com transtorno de déficit de atenção a aumentar sua autoestima através de uma melhor autoconsciência e compaixão. A terapia também oferece apoio durante as mudanças provocadas pela medicação e esforços conscientes para alterar o comportamento e pode ajudar a limitar quaisquer consequências destrutivas do TDAH.

O treino de habilidades sociais(THS) para o TDAH

O treino de habilidades sociais ensina os comportamentos necessários para desenvolver e manter bons relacionamentos sociais, como esperar por uma vez, compartilhar brinquedos, pedir ajuda ou certas maneiras de reagir à provocação. Essas habilidades geralmente não são ensinadas na sala de aula ou pelos pais, elas normalmente são aprendidas naturalmente pela maioria das crianças observando e repetindo outros comportamentos que elas veem. Mas algumas crianças, especialmente aquelas com transtorno de deficit de atenção, têm mais dificuldade em aprender essas habilidades ou usá-las apropriadamente.

O treino de habilidades sociais ajuda a criança a aprender e usar essas habilidades em um ambiente de prática segura com o psicólogo (ou pai).

As habilidades incluem aprender a ter conversas com outras pessoas, aprender a ver a perspectiva dos outros, ouvir, fazer perguntas, a importância do contato visual, o que a linguagem corporal e os gestos estão lhe dizendo.

O treino de habilidades sociais é feito em um consultório de terapia, ou os pais podem aprendê-las e ensiná-las em casa. O psicólogo ensina os comportamentos apropriados em diferentes situações e, em seguida, esses novos comportamentos são praticados com o psicólogo. Pistas que podem ser tiradas das expressões faciais e do tom de voz das pessoas podem ser discutidas.

Grupos de apoio para TDAH

Grupos de apoio podem ser muito benéficos para pais e indivíduos com TDAH. Um senso de conexão regular com os outros no mesmo barco leva à abertura, compartilhamento de problemas e compartilhamento de conselhos. Preocupações, medos e irritações podem ser liberados em um ambiente compassivo, onde os membros podem relaxar com segurança e saber que não estão sozinhos.
Além desse tipo de apoio, os grupos podem convidar especialistas para ministrar palestras e responder perguntas específicas. Eles também podem ajudar os membros a obterem referências para especialistas confiáveis.

Treinamento de Habilidades Sociais Educativas Parentais para TDAH

Treinamento de Habilidades Sociais Educativas Parentais fornece aos pais, ferramentas e técnicas para gerenciar o comportamento de seus filhos. Por exemplo, recompensar imediatamente o bom comportamento com elogios, fichas ou pontos que podem ser trocados por privilégios especiais. O comportamento desejável e indesejável é identificado antecipadamente pelos pais ou professores. Os pais podem tentar usar o "cantinho da disciplina" quando a criança se torna muito indisciplinada, mas também compartilhando um tempo de qualidade agradável todos os dias.

Por meio desse sistema, o comportamento da criança pode ser modificado com eficiência. Eles podem aprender como pedir objetos educadamente, em vez de pegá-los, ou completar uma tarefa simples do começo ao fim. O comportamento esperado fica claro para a criança, de modo que a decisão de ganhar ou não a recompensa está nas mãos deles. As recompensas devem ser algo que a criança realmente quer, e com crianças com TDAH elas podem precisar ser dadas com mais frequência do que com outras crianças. Com o tempo, a criança aprenderá a associar um bom comportamento a resultados positivos, controlando assim seu comportamento naturalmente.

Algumas lições do Treinamento de Habilidades Sociais Educativas Parentais que são particularmente relevantes para o TDAH são: estruturar situações de modo a permitir que a criança tenha sucesso (por exemplo, evitar que a criança seja superestimulada), ajudar a criança a dividir grandes tarefas em pequenas etapas, fornecer recompensas e punições imediatas, estabelecem uma estrutura à frente de situações potencialmente problemáticas e proporcionam mais supervisão e encorajamento em situações pouco recompensadoras ou entediantes.

Os pais podem se beneficiar de métodos de controle do estresse, incluindo meditação, técnicas de relaxamento e exercícios.

Sugestões para ajudar crianças com TDAH a organizar:

  • Tenha o mesmo horário todos os dias, desde o momento em que a criança acorda até ir dormir. A rotina inclui tempo de lição de casa e tempo de brincadeira. Mantenha-o escrito em algum lugar proeminente, como a porta da geladeira ou um quadro de avisos. As mudanças devem ser planejadas com antecedência.
  • Use organizadores para trabalhos de casa e outras atividades que precisam ser pensadas. Isso destacará a importância de redigir tarefas e reunir os livros necessários.
  • Mantenha os itens do dia-a-dia no mesmo lugar, para que eles sejam facilmente encontrados, "um lugar para tudo e tudo em seu lugar". Inclua roupas, bolsas e itens escolares.

Quando existem regras consistentes, a criança com TDAH tem mais probabilidade de compreendê-las e segui-las e nesse ponto pequenas recompensas podem ser dadas. Isso pode funcionar particularmente bem se a criança já se acostumou a críticas.

Questões em torno da escolar

Quanto mais bem informado você for como pai ou mãe, mais eficaz você pode ser para o seu filho. Tome conselhos sobre como o TDAH afeta a vida do seu filho na escola e converse com os professores para discutir técnicas de gerenciamento.

De qualquer forma, os professores precisam estar atualizados quando uma criança está sendo avaliada, diagnosticada e tratada para o TDAH, incluindo terapias comportais, medicamentos ou uma combinação de ambas.

A transição para um novo ano escolar pode ser difícil, trazendo consigo um novo professor e novos trabalhos escolares. Seu filho precisará de muito apoio e incentivo neste momento. Portanto, nunca esqueça: Você é o melhor defensor de seu filho.


Referências
Barkley, R.A., Murphy, K.R. & Fischer, M. (2010). ADHD in Adults: What the Science Says. 

Hallowell, E.M. & Ratey, J.J. (2011). Driven to Distraction (Revised): Recognizing and Coping with Attention Deficit Disorder.

compartilhe:
Psicóloga Juliana Gonçalves Oliveira Guedes
Formada em Psicologia pelo Centro Universitário UNA. Atua como psicóloga clínica em consultório particular..

Artigos recentes:

3 Comments

  1. Donec sed odio dui. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet.

  2. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet.